O disjuntor do padrão de entrada e o disjuntor geral do QDC trabalham em conjunto para proteção da instalação elétrica, a seletividade elétrica deve ser garantida para que eles protegem efetivamente a instalação elétrica.

O quadro de disjuntor residencial é conhecido também com QDC, quadro de circuitos, quadro de luz ou quadro de disjuntores, nele são distribuídos os circuitos e onde estão os disjuntores de proteção. O disjuntor do padrão pode ser NEMA ou DIN e ambos garantem a proteção termomagnética dos circuitos elétricos.

Dentre os objetivos deste vídeo, destacamos:

  • Como escolher o disjuntor para o padrão de entrada e para o QDC da residência.

Temas abordados:

  • Para que haja uma efetiva proteção da instalação elétrica e dos equipamentos elétricos, deve ser instalado disjuntores corretos e bem dimensionados. Isso deve ser feito tanto no padrão de entrada, quanto nos quadros de distribuição de circuitos que são os QDC’s.
  • A corrente elétrica é sempre maior no padrão de entrada, e quando passa pelo QDC é distribuída para os circuitos.
  • Desta forma é natural que o disjuntor do padrão de entrada sempre seja maior ou igual ao disjuntor geral do QDC. Isso é chamado de seletividade, porque sempre é o disjuntor mais próximo da falha elétrica é quem deve atuar. Desta forma a menor quantidades de circuitos e cargas serão afetadas.
  • O disjuntor do QDC não pode ser maior que o disjuntor do padrão de entrada.

Partes em destaque neste vídeo:

  • 00:28 – A troca do padrão de entrada deve ser feita pela concessionária, mas saber a corrente certa para o disjuntor é muito importante.
  • 01:14 – O gato de energia elétrica é crime. As concessionárias tem várias formas eficazes de descobrir os gatos em instalações elétricas.

Lista de vídeos similares:

Tem que ter QDC no SEGUNDO ANDAR?

Quadro de DISJUNTORES QDC, esse NUNCA foi mostrado!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)