Conta de luz muito alta é um grande susto para os consumidores de energia elétrica, a conta de luz cara aumenta as despesas da casa! Mas, o que é cobrado na conta de luz, porque vem a conta de luz mais cara? O ICMS para conta de luz é o imposto mais caro da conta de energia elétrica. O aumento da conta de luz ocorre pelo aumento do consumo de energia elétrica ou quando os impostos como ICMS, PIS, PASEP e COFINS aumentam.

O preço mínimo da conta de luz tem a ver com a disponibilidade de energia elétrica contratada junta a concessionarias de energia.  As principais contas de luz são a conta de luz CEMIG, conta de luz LIGHT, conta de luz ENEL, conta de luz ELETROPAULO, conta de luz ENERGISA e outras.

Para deixar a conta de luz mais barata é preciso economizar energia elétrica dentro das instalações residenciais. Abaixo temos um vídeo do Mundo da Elétrica analisado uma conta de luz para você entender o que é cobrado na conta de luz.

CONTA DE LUZ, aquilo que não te contaram!

Dentre os objetivos deste vídeo, destacamos:

  • Como é composto o preço da energia elétrica.
  • Porque existe preço diferente de energia elétrica para cada estado.
  • Quais os impostos, tributos e encargos setoriais embutidos no preço da energia elétrica.

Temas abordados:

  • Qualquer concessionária de energia o método de cobrança das contas é igual, mas tem algumas coisas que vão variar de estado para estado que são os impostos.
  • A primeira coisa é entender qual foi o período de apuração da conta e quanto foi gasto de energia.
  • Na parte de valores faturados estão algumas informações, observe que a conta apresenta a quantidade de energia faturada em kWh. Logo na frente tem o preço da energia, já com impostos.
  • Em seguida vem o valor cobrado pela taxa de iluminação pública, e este valor é bem polêmico, porque é uma arrecadação baseada em lei municipal, ou seja, cada cidade do Brasil pode ter uma lei diferente para esta tarifação.
  • A concessionária é a responsável por cobrar isso na conta de energia, e depois repassar o valor para o município.
  • Em algumas cidades esse valor é fixo para todos os clientes. Em outras cidades como em Belo Horizonte, esse valor varia de acordo com a quantidade de energia utilizada, ou seja, em BH quem gasta mais paga ainda mais pela taxa de iluminação pública.
  • Por último tem os valores das bandeiras tarifárias!
  • Os impostos deixam a conta de energia elétrica bem mais cara, e sem dúvidas é o que todo mundo mais reclama!
  • Existem 3 impostos que são cobrados na conta de energia. Um imposto é estadual que é o ICMS e dois impostos federais que é o PIS/PASEP e o COFINS.
  • O imposto que realmente encarece a conta de energia elétrica é o ICMS, este é um imposto estadual que tem valor diferente em cada estado.
  • Entre as décadas de 70 e 90, havia uma única tarifa de energia elétrica em todo o Brasil, ou seja, os consumidores de todos estados pagavam o mesmo valor pela energia consumida.
  • Esse valor garantia a remuneração das concessionárias, independentemente da sua eficiência. E as empresas não lucrativas eram mantidas por aquelas que davam lucro e também pelo Governo Federal.
  • Em 1995 estabeleceu-se uma tarifa por concessão de território geográfico, onde cada empresa é contratualmente obrigada a fornecer energia elétrica.

Partes em destaque neste vídeo:

  • 00:32 – Todos querem uma conta de luz mais barata, basta seguir algumas dicas e economizar.
  • 01:49 – Fuga de corrente é um dos princípios do aumento absurdo da conta de luz.
  • 03:22 – Quais os principais fatores que aumentam a conta de luz.

Lista de vídeos similares:

CONTA DE LUZ muito ALTA! O que pode ser?

AUMENTO absurdo na CONTA DE LUZ! Fuga de corrente

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)